sexta-feira, 5 de maio de 2017

ORAÇÃO CURA – CIENTISTA COMPROVA O PODER DE CURA DA ORAÇÃO E MEDITAÇÃO

ORAÇÃO CURA – CIENTISTA COMPROVA O PODER DE CURA DA ORAÇÃO E MEDITAÇÃO

Você acredita no poder de cura da oração? Muitos acham que é crendice, outros que tem efeito placebo, mas contra fatos não há argumentos. Um cientista americano atestou o poder de cura da oração e também da meditação, saiba mais abaixo.

O PODER DE CURA ESTÁ NAS NOSSAS MÃOS

Uma pesquisa realizada pelo Dr. Andrew Newber, cientista da Universidade Americana Thomas Jefferson mostrou o efeito poderoso de cura de doenças através da oração e da meditação. O estudo foi realizado com 40 mil pacientes e os seus resultados foram documentados em um livro chamado “How God changes the brain” (em português: Como Deus muda o cérebro) lançado em 2009.  Os efeitos da oração e da meditação foram controlados através de ressonâncias magnéticas e consistiu no seguinte método: pacientes idosos com problemas já diagnosticados de memórias eram observados antes, durante e depois de realizarem oração e/ou meditações.
A observação durou 8 semanas, e cada um deles eram observados durante 12 minutos, diariamente. Depois de coletados os dados e analisados os resultados, a equipe do Dr. Andrew ficou surpreendida com o que foi encontrado: quando realizadas com frequência e regularidade, tanto a oração quanto a meditação são capazes de aumentar a nossa atividade cerebral. É como se essas práticas funcionassem como um “treino físico” ao nosso cérebro, e um cérebro ativo e bem desenvolvido aumenta muito o seu poder de autocura.

ESTUDOS ANTERIORES JÁ APONTAVAM RESULTADOS SEMELHANTES

Antes deste estudo da Universidade Thomas Jefferson, outras pesquisas já tinham se debruçado no poder da fé. Uma experiência publicada na revista americana Câncer, escrita pela Sociedade Americana do Câncer, mostrou que os pacientes que possuíam religiosidade e espiritualidade bem desenvolvidas, que praticavam a oração e a meditação com regularidade reagiam significantemente melhor aos tratamentos contra o câncer. Segundo o Centro de Câncer Moffitt, situado na Flórida, as pessoas que acreditam em uma força superior ou divindade possuem melhor convivência social, melhor saúde física e mental e também mais otimismo do que aqueles que não possuem qualquer tipo de crença ou espiritualidade.
Atenção: este artigo não sugere que a oração ou meditação devem substituir tratamentos médicos, as práticas são essenciais para potencializar os tratamentos e funcionam comprovadamente como um incentivo à melhora dos doentes. Em caso de enfermidade, jamais deixe de procurar ajuda médica e de acreditar no poder da oração e da meditação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário